Textos, Tropeços e Pensamentos Quixotescos...

Jornalista. Cinéfila. Neurótica praticante. Aquela que sempre anda com um livro embaixo do braço. Aquela que adora compartilhar bobagens. Uma Dom Quixote fêmea, a combater moinhos de vento...
"Dize o que quiseres, conquanto que suas palavras não visem me atemorizar; assuma o seu medo, se o tiveres, que eu procederei como quem não tem, se for o caso."
(Dom Quixote de La Mancha)

25.1.08

Neurose

Duas amigas no táxi, depois de uma delas ter tomado um porre daqueles e levado um fora:


Laura: Ainda bem que voxê foi me buscá. Extou tão bêbada que poderia ter feito uma bex...bex...
Angélica: Besteira?
Laura: É
Angélica: Eu diria que você já fez o suficiente esta noite...Tomara que não se lembre amanhã.
Laura: Obrigada Anxélica, quase fui pra casa daquelas duas garotas e, voxê sabe, nunca goxtei muito de peitos...
Angélica: Só faltava essa né Laura? Se bem que com a quantidade de caras sacanas que você atrai seria até melhor que virasse lésbica mesmo.
Laura: Prefiro os caras sacanas.
Angélica: É, esqueça o que disse.
Laura: Angélica, voxê é minha amigona, me xalvou das lésbicas xadomasoquistas.
Angélica: Relaxa, amiga é pra essas coisas.
Laura: Valeeeuuuu amiga, voxê é dimaissss.
Angélica: Tudo bem, agora fica quietinha.
Laura: Voxê é a única amiga que eu tenho, a única que gosta de mim.
Angélica: Imagine, muita gente gosta de você.
Laura: Quem?
Angélica: Ah muita gente Laura!
Laura: Quem? Me fala...
Angélica: Sua mãe.
Laura: Ela não me liga nem no Natal...
Angélica: Seu pai.
Laura: Ele me expulsou de casa, você não lembra?
Angélica: Seu irmão então?
Laura: Não vejo meu irmão há 3 anos.
Angélica: Hum, deixa eu ver...O Dudu, a Aninha e a Marli, eles são seus amigos!
Laura: O Dudu pegou meu dinheiro emprestado mêx paxado e e xumiu...a Aninha mandou um e-mail dixendo que prefere se mantê afaxtada porque eu sou muito chata e a Marli ficou com meu ex namorado no Reveillon.
Angélica: Puxa Laura...mas deve ter alguém que gosta de você além de mim, claro que tem, pense positivo!
Laura: Não tem nãããooooo....
Angélica: E o Junior, aquele do salão de beleza?
Laura: Ele xó corta o meu cabelo, não qué dize que gosta de mim.
Angélica: Sei lá então Laura, o Seu Adamastor.
Laura: Anxélica, não apela...Eu tô mal max nem tanto...Xeu Adamaxtor é o síndico do prédio, por que ele gostaria de mim?

------------------------------------------------------------------------------------------------

No início do expediente, Vânia vira-se para o colega de trabalho:

Vânia: O que você tem?
Edu: Eu? Nada, por quê?
Vânia: Então por que não falou comigo hoje?
Edu: Por que acabei de chegar, bom dia Vânia!
Vânia: Bom dia...mas você está bravo comigo, é tão óbvio!
Edu: Mas por que eu estaria bravo com você?
Vânia: Não sei, mas está.
Edu: Não, não estou...ok?
Vânia: O Nestor também está bravo comigo...
Edu: Mas ele não acabou de trazer um café pra você?
Vânia: Sim, mas ele disfarça bem!
Edu: Olha Vânia, eu não estou bravo com você, acredito que o Nestor também não esteja. Agora vamos trabalhar?
Vânia: Trabalhar? Como você acha que eu me sinto sabendo que ninguém aqui gosta de mim?
Edu: Vânia, você está louca?
Vânia: Não Edu, só não entendo porque vocês não me falam a verdade logo.
Edu: Tá bom então... (levanta-se)
Vânia: Onde você vai?
Edu: Por favor, ouçam todos! Vânia, você é uma vaca desprezível e todos nós odiamos você. Você precisa urgentemente de um namorado para resolver o seu problema. Você é maluca, esquizofrênica, reprimida, feia e neurótica! Satisfeita?
Vânia: Feia? Como assim?

------------------------------------------------------------------------------------------------

Depois de procurar sem sucesso o tamanho 48 em todas as araras de uma loja de departamento, Ana se desespera e vai conversar com a gerente:

Ana: Boa Noite.
Gerente: Boa Noite Senhora.
Ana: Você sabe me dizer por que não encontro o tamanho 48 nesta loja? Procurei por toda a parte e não achei nada que me servisse.
Gerente: Desculpe senhora, não trabalhamos mais com essa numeração.
Ana: Mas é um absurdo, eu sempre compro aqui.
Gerente: Entendo, infelizmente não temos mesmo o seu número.
Ana: Vocês querem perder dinheiro, é isso? Porque tem muita gente que usa o número 48.
Gerente: Sinto muito. Talvez a senhora encontre alguma peça que lhe agrade nessa loja aí da frente.
Ana: Qual loja? Essa loja de gordos?
Gerente: Bem, eles trabalham com tamanhos grandes e...
Ana: Tamanhos grandes? Você está me chamando de gorda?
Gerente: Não quis dizer isso senhora, só estou tentando ajudá-la.
Ana: Você sempre ajuda as pessoas chamando-as de gorda?
Gerente: Desculpe senhora, eu preciso voltar ao trabalho.
Ana: Mas você está trabalhando minha filha, o que pensa que está fazendo aqui? Seu trabalho não é resolver os problemas dos clientes desta loja?
Gerente: Sim senhora, mas sinceramente não sei mais o que fazer para ajudá-la.
Ana: Ligue para o seu diretor, quero fazer uma reclamação formal e, entre outras coisas, alertá-lo sobre o fato de que uma de suas gerentes anda chamando as clientes de gordas.
Gerente: Mas eu não chamei a senhora de gorda.
Ana: Disse para eu comprar numa loja de gordos. Quem compra numa loja de gordos é magro por acaso?
Gerente: Bem, algumas pessoas preferem usar roupas mais largas.
Ana: Você pensa que eu sou alguma idiota que não saca quando uma pessoa está se divertindo as suas custas?
Gerente: Mas senhora, em nenhum momento eu...
Ana: Você acha que será magrinha e bonitinha para o resto da vida? Quantos anos você tem?
Gerente: 25.
Ana: Pois é, eu na sua idade era bem mais magra.
Gerente: Ok, posso ajudá-la com mais alguma coisa?
Ana: O que você acha?
Gerente: Acho que não há mais nada que eu possa fazer pela senhora. Com licença.
Ana: Só um minuto.
Gerente: Pois não?
Ana: Será que tem alguma calça tamanho 46 aí que entre em mim?

2 Comments:

Anonymous Adri said...

Será q eu caibo numa 46?? Nah, nem nos meus sonhos mais ... :( Triste!! :P Bj [Adri]

5:49 AM  
Blogger Sônia Fatima said...

Oi Leila, tenho uma péssima notícia:
Não vou mais sair daqui, já li 4 post...
vou voltar sempre!!!!
Bjos

3:12 AM  

Postar um comentário

<< Home